Saturday, May 13, 2006

Lost @ Web





Perdidos na Rede

Nos EUA parece só faltar dois episódios para o grande final da segunda época de Lost. Entretanto, a ABC passou no seu canal um anúncio fastasma da The Hanso Foundation entidade que gere a (cada vez menos) enigmática The Dharma Initiative com que as personagens de Lost se cruzaram. Os fãs tem agora pistas para tentar desvendar (ou complicar ainda mais) os segredos de Lost. Através da net terão peças do puzzle como sites, mails, vídeos e anúncios para encontrar, juntar e interpretar para que possam chegar aos segredos mais obscuros da série. Para quem não tenha a mínima paciência (como eu) para jogar obsessivamente em tal labirinto pode sempre consultar "The Lost Experience" gerido por dedicado fãs que vão fazendo relatos das suas descobertas. E como se especula que o primeiro a descobrir o "Santo Graal" de Lost ganha um chorudo prémio, boa caçada!

The Hanso Foundation
The Lost Experience

4 comments:

Nuno said...

Dos episódios da série que vi o que retiro é mais ou menos isto: se nos primeiros episódios a cena "ilha misteriosa" ocupava a minha atenção, com o desenrolar das histórias, fui ficando completamente fixado no drama por detrás dos personagens e as ligações mais ou menos "inconscientes" entre eles.
Actualmente, a quantidade de mistérios e twists deixa-me mais irritado que outra coisa.
Apesar dos criadores afirmarem a pés juntos que já têm um fim para a série parece-me a mim que com tanto hype não vai ser mais que uma desilusão para todos os seguidores.
Para final da série apostava em qualquer coisa parecida com o plot do Deatwatch ( http://www.imdb.com/title/tt0286306/ , a ideia do "purgatório" é a única que ainda faz algum sentido, mesmo depois de ter sido negada pelos argumentistas.
Já agora deixo aqui uma pequena curiosidade recolhida no site da RTP -> http://i2.photobucket.com/albums/y15/planonove/rtpMedium.jpg

Ah! Não esquecer também: http://www.ihatelost.com/

Abraço e obrigado pelo comeback ;).

Nuno Barros said...

Mas olha que os mistérios já não são tantos como parece e muita coisa vai sendo (bem) explicada. Por mim ainda só há certos mistérios mais "sobrenaturais" que ainda me aguçam um bocado a curiosidade.

Quanto ao final sabe-se que vai haver um terceiro ano mas francamente não me parece que restem suficiente segredos para transitarem para a época seguinte. Talvez a nova época não viva da revelação de segredos mas por ex de um género de "survivor" em que se tenta lutar pela erradicação dos "outros" ou pela saída da ilha.

Quanto á tua teoria de purgatório olha que não creio que seja por aí. Bem pelo contrário está tudo a começar a ter um fundamento racional e penso mesmo que os autores vão evitar o "facilitismo" de dar explicações "divinas". Alías pensando um bocado como o Abrams trata os assuntos mais metafisicos do "Alias" (a questão do rambaldi) parece indicar que não vá por esses caminhos.

Ena a RTP anda a ganhar uns cobres da ABC... ;)

jose said...

opá. eu tenho uma relação amor-ódio com esta série. por um lado sempre que calha ver um episódio fico vidrado. não consigo tirar os olhos do ecrã. por outro lado irrita-me porque naturalmente não sou grande apreciador deste tipo de coisas misteriosas. a impressão com que fiquei é que realmente aquilo atirava para todo o lado ao acaso. depois fui ler uns foruns a ver o que lia, mas não melhorou muito, visto que ninguém sabia o que se andava a passar e as teorias eram imensas.
mas uma coisa que dizes agrada-me, que é quando dizes que o desvendar daquilo passa por princípios mais racionais que metafísicos. eu não estou a ver muito bem como é que isso pode ser tendo em conta o que vi da primeira série (da segunda não vi nada), mas se tu o dizes acredito e deixa-me mais confiante, porque se há coisa que não aprecio é o sobrenatural. vêem-me com teorias sobrenaturais e o josé fica logo de pé atrás.
Bem, talvez compre as séries quando saírem em dvd, para ver confortavelmente no sofá, que para mim seguir séries na televisão é praticamente impossível (foi, aliás, por isso que deixei de seguir o lost, e não propriamente por perder o interesse)

Nuno Barros said...

Olha que fizeste mal não acompanhar a segunda época. as peças do puzzle estão a encaixar e os segredos explicados. Acho que nem precisas comprar as séries em DVD. A RTP talvez repita a epóca toda em compactos como o fez antes de iniciar a segunda época. Fez isso também com o 24 e com o 7 Palmos.