Sunday, January 08, 2006

SIC Radical - Nova Grelha



SIC Radical - Nova Grelha

Alerta-se para as novidades da nova grelha da Sic Radical que entra em vigor dia 9, Segunda-Feira porque até há boas apostas. Há séries novas a estrear em Portugal e há regressos de séries transmitidas noutros canais.

Regressos:
Espaço 1999 é transmitida Terças á noite e Esquadrão Classe A (The A-Team) Segundas à noite. Penso que dispensam apresentações de tão conhecidas que são.

Novas séries:
Firefly - A série culto steampunk idealizada pelo criador de Buffy Joss Whedon e que realizou igualmente o filme Serenity baseado nesta mesma série. Espero que a Radical respeite integralmente a linha cronológica da série e não pela ordem com que a FOX maltratou (e cancelou até) a série. Deve ser vista com atenção pelo bom argumento e alguns muito bons episódios e não pela sua Ficção Científica que é muitas vezes patética.

Também da FOX, Roar, leva-nos a ambientes célticos medievais. Série reputada que não conheço mas da qual desconfio que tal como Firefly teve vida mais curta. Provavelmente mais uma série que Penim deve ter ter comprado baratinha.

Family Guy é uma série de culto animada com bastante sucesso lá por fora e a Radical deve ter dado uns bons tostões por ela. É transmitida ás sextas. Era uma das séries prometidas e muito pedidas pelos espectadores da Radical

Há novo humor britânico. Shameless do Channel4 fala de uma família muito anárquica e estranha. Certamente iremos ter boas gargalhadas com esta série.

Caso mal parado parece ser a Anime no qual já se repete séries como Hellsing e Zion. Este espaço será para acabar após as restantes séries finalizarem?

Produção da Casa:
Com qualidade a confirmar. Pionés quer a direcção da SIC Radical jura a pés junto que não é para tentar fazer esquecer os Gatos Fedorentos. Repare-se nas afirmações de Vitor Figueiredo sobre Pionés "...não vai substituir o Gato Fedorento, porque tem um humor diferente. mais non-sense, mais para o absurdo. É um humor mais complexo e talvez não seja tão transversal". E ora não eram os Gatos mais non-sense, mais absurdo, complexos e menos transversais do que o restante humor feito em Portugal? Pelo vistos Pionés quer seguir-lhes o estilo então. Mas numa coisa tem mesmo razão, não vai mesmo substituir "Gato Fedorento" porque os antigos episódios continuam a ser retransmitidos até á exaustão (o que já é feito desde o abandono do quarteto do canal). É o que acontece quando se ficam por contratos verbais.

Estranho transmitido Segundas à noitinha vem ocupar o lugar normalmente reservado a séries de terror mas agora com produção nacional. Em 13 episódios (uns com interligação, outros não) vão desfilar alguns nomes conhecidos como Rogério Samora, Rui Unas e Teresa Tavares. É a primeira aposta nacional do canal em séries de suspense.

Pelo esperado programa de Rui Unas chamado O Novo Programa do Unas ainda teremos de esperar.

Após uma época bem fraca o Novo Ano a programação "estrangeira" parece mais forte. Vamos esperar que a produção nacional cumpra as expectativas que a SIC Radical anuncia.

4 comments:

Atomo! said...

Mesmo assim não está de todo mau... na minha modesta opinião a SIC Radical será até o melhor exemplo de uma televisão relativamente interessante em Pt (se tirarmos aqueles programas de 'maminhas ao léu' que normalmente exibem quando estamos à espera de algum programa que será exibido a seguir)...

Já agora, a SIC radical já alguma vez passou séries como o Little England ou Black Books?

Nuno Barros said...

O Black Books acabou de passar a época final (3ª). Gosto muito da série e até já tinha já feito post aqui a alertar. http://omeupiupiu.blogspot.com/2005/09/black-books-na-sic-radical.html#comments
O Little England deu na 2:
Também já deram o "Two Pints","Smack The Pony", "Big Train", "Spaced", o fabuloso "15 Storeys High" etc etc. De humor americano também já passa/ou como o "Scrubs", "Parker Lewis", o genial "TV Funhouse"...
Não está mau enquanto escolha de séries não senhor. O calcanhar de Aquiles da SIC Radical é mesmo a produção da "casa", o Curto-Circuito. Se analizarmos os objectivos do Penim anos atrás com o que obteve agora também vemos que o canal não é assim o sucesso que Penim e Sic gostam de anunciar, mas isso terá direito a post próprio.

Atomo! said...

Realmente a TV portuguesa tem mostrado o melhor que se fez (e ainda se está a fazer) da nova comédia britânica.

O caso do Little England é ainda mais interessante porque embora muitos dos personagens sejam uma paródia aos chav e outros 'bichos' que andam por aqui à solta, a série tem um sucesso muito grande por cá, sobretudo juntos desses mesmos chavs!

Acho até que a digressão dos dois cómicos foi mais bem sucedida do que a de muitas das bandas comerciais que fizeram tour aqui pelo RU.

De qualquer das formas quem visitar a 'Inglaterra real'(fora de Londres portanto) vai encontrar sósias das grotescas personagens de muitas dessas séries (incluo aqui Two Pints e claro Smack The Pony) ao ritmo de 100 por minuto! algo que me assusta (a realidade é sempre melhor que a ficção) (lol)

Anonymous said...

Não conheço o Little England. É melhor ou pior que o Little Britain?